TECELAGEM - Considerações Técnicas

FERRAMENTAS BÁSICAS PARA O TÉCNICO DE MALHARIA
Malharia por Trama









Porque tantos têm problemas com a estabilidade da malha

• INTERFERÊNCIAS DO FIO
• INTERFERÊNCIAS DO TECIMENTO
• INTERFERÊNCIAS DO BENEFICIAMENTO
• INTERFERÊNCIAS DO ENFESTO, CORTE,  COSTURA
• DESCONHECER AS METAS DE ACABAMENTO

SITUAÇÃO 1. A malha esticada para uma largura acima da recomendada - apresenta alto índice de encolhimento ao ser lavada - sentido transversal

Malha antes de lavar

 
Malha após lavar e secar

 

 

 
Confecção antes de lavar

 
Confecção depois de lavar

 

No desenho acima observam-se ainda, deformações ainda mais significativas, como o alongamento  (estiramento) da malha no sentido longitudinal.

SITUAÇÃO 2. Malha esticada longitudinalmente, para estreita-la além do recomendado - apresenta alto índice de encolhimento ao ser lavada - sentido do comprimento.

Malha antes de lavar

 
Malha depois de lavar e secar

 

 

Confecção antes de lavar

 
Confecção depois de lavar

 

Nos desenhos acima observam-se ainda, deformações ainda mais significativas, qual seja um alongamento (estiramento) da malha no sentido transversal.

SITUAÇÃO QUE SE PODERÁ GARANTIR ATRAVÉS DO INVESTIMENTO TÉCNICO NA MALHARIA, NO PROCESSO QUÍMICO E NO ENCAIXE / CORTE

Malha antes de lavar

 
Malha após lavar e secar


 

 


Confecção com tecnologia E.D.M antes de lavar


Confecção depois de lavar e secar em Thumbler
 

 

Saber como comprar uma malha:

1. Ficha Técnica de Produto

2. Conhecimento de algumas Normas Técnicas:
TOLERÃNCIA NA GRAMATURA (NBR 13586)
Esta norma padroniza a tolerância de gramatura em + - 5%, ou seja, uma malha com especificação de 200g/m2, poderá ter de 190g/m2 até 210 g/m2.

ENCOLHIMENTO (NBR 10320)
Esta norma padroniza o sistema de lavação e medição para se alcançar o % de encolhimento do produto após lavação.

Através de Convenção, recomenda-se a tolerância de + - 2% , ou seja, em uma especificação de encolhimento de –5%, pode-se ter os resultados entre –3% até –7%.

TORÇÃO (12958)
Esta norma padroniza o sistema de lavação e medição para se alcançar o % de torção do produto após lavação.
Através de Convenção, recomenda-se a tolerância de até 5%.

3. Formulário de Pedido de Compras
Abaixo se tem um exemplo de um pedido de compra de malha padrão de um Confeccionista.

É indispensável que no pedido de compra tenha todas as especificações dos produtos desejadas e suas tolerâncias, para que não haja dúvidas e principalmente, faça com que o fornecedor entregue apenas malhas certificadas e não malhas com “problemas agregados”.

Este documento é importante, pois é nele que consta o que foi acordado por escrito, e dá direito as partes do cumprimento do que foi negociado.

Também é importante ressaltar que este documento dá a garantia ao comprador de exigir a qualidade negociada do mesmo no recebimento das malhas.

 

Como analisar a qualidade recebida

1 – RECEBER MALHA  APENAS COM CERTIFICADO DE QUALIDADE.

2 – VERIFICAR OS DADOS CONSTANTE NO CERTIFICADO COMPARANDO COM SUA FICHA TÉCNCIA E RESPECTIVA TOLERÂNCIA ACEITÁVEL.

3 – ANALISAR A LARGURA DA MALHA (VARIAÇÃO ACEITAVEL DE + - 1 CM).

4 – VERIFICAR TONALIDADE DA MALHA

5 – VERIFICAR TOQUE DA MALHA

6 – VERIFICAR GRAMATURA DA MALHA

7 – EFETUAR TESTES DE LAVAGEM PARA VERIFICAÇÃO DE ALTERAÇÃO DIMENSIONAL

8 -  CORTAR UMA AMOSTRA DE CERCA DE UM METRO DA MALHA PARA ANÁLISE VISUAL

 

Instrução para determinação de alteração dimensional e torção em tecido de malha submetido a lavagem em máquina doméstica.

Aparelhagem, Materiais e Reagentes 
1 Máquina de lavar (Enxuta Euromaster, Brastemp, Consul Pratice – todas automáticas com centrifugação em tambor horizontal e 4 kg de capacidade – malha seca)
2 Secadora (Enxuta Plus II ciclo amaciante, Continental Evolution, Brastemp – todas automáticas com tambor rotativo de no mínimo 450 mm de diâmetro)
3 Sabão de coco ou similar (Omo sabão em pó)
4 Trena com precisão de 1 mm
5 Gabarito (no mínimo 40,0 cm) para marcação do corpo-de-prova
6 Tinta indelével para marcar o tecido
7  Retalhos de malha para completar a carga/peso mínimo de 1,8 kg ou 4,0 kg

Coleta de amostra
Cortar uma amostra de 70cm de comprimento pela largura do tecido. Retirar a amostra 2 metros para dentro do rolo.

Marcação
A Amostra deve ser marcada 6 (seis) vezes, com com marcação simetricamente distribuídas na direção do comprimento (C1), e 6(seis) marcações simetricamente distribuídas na direção da largura (L), com o uso de gabarito, conforme figura.

Desenvolvimento da lavagem
1  Introduzir o corpo-de-prova na máquina (peso mínimo de 1,8 kg e máximo de 4,0 kg)
2  Regular a temperatura do banho para 60 graus centígrados
 3 Regular o nível de água para “baixo” se a carga for de 1,8 kg, e para “alto” se a carga da máquina for  4,0 kg (utilizar retalhos/taras para completar o peso sempre que o corpo-de-prova  não atingir o  peso mínimo)
.4  Adicionar 0,5 g de sabão ou detergente em pó na medida recomendada pelo fabricante do sabão para cada litro de água da cuba da lavadora.
5  Lavar durante 15 minutos
6  Enxaguar durante o ciclo normal da máquina

Desenvolvimento de secagem
1 Centrifugar (manter no mínimo 30 % da umidade)
2  Secar em secadora de tambor a temperatura de 65 graus centígrados, +/- 5 graus, durante o tempo necessário para a obtenção de um grau de umidade abaixo de 3% (utilizar retalhos para completar a carga mínima sempre que necessário)
3  Acondicionar o corpo-de-prova sobre uma superfície plana e horizontal e deixar repousar por no mínimo 2 horas
     
Nota: em teste especial, que requeira emissão de laudo, o tempo de repouso deve ser de 4 horas em ambiente acondicionado a temperatura de 20 graus centígrados +/- 2 graus e umidade relativa do ar de 65 % +/- 2%.

Medir e registrar a média das novas dimensões de comprimento (C2) e largura (L2), em formulário apropriado.

Resultado para alterção dimensional (encolhimento)
Calcular as Alterações Dimensionais pelas equações:
Comprimento (AD%) = (C2 - C1)  / C1 X 100
Largura (AD%) = (L 2 - L1) / L 1 X 100
Onde:
C1 = Comprimento Inicial, em cm.
C2 = Comprimento Final, em cm.
L1 = Largura Inicial, em cm.
L2 = Largura Final, em cm.

Quando a dimensão final for menor que a inicial, a alteração dimensional é expressa pelo sinal menos (-). Quando a dimensão final for maior que a inicial, a alteração dimensional é expressa pelo sinal mais (+).

Resultado para torção
Medir com o auxilio do esquadro e registrar a média da torção ( dimensão X ) , conforme indicado na figura abaixo.
Calcular a Torção do tecido de malha  pela equação:
Torção % = X x 100 / C 1
Onde : C1 = Comprimento Inicial , em cm .
X = medida do deslocamento lateral da coluna\

 

Vantagens de uma malha certificada e inspecionada

• Identificar fornecedores parceiros.
• Ter uma equipe técnica cuidando do seu patrimônio (MALHA).
• Receber malhas certificadas (com garantias).
• Receber apenas malhas e não problemas.
• Possuir padrão de qualidade de seu produto.
• Diminuição de atrasos de entrega para seus Clientes.
• Saber o que esta sendo despachado antes de receber o produto.
• Todos os lotes antes de serem despachados, serão testados e avaliados.
• Malha sem necessidade de ser “descansada” antes do corte.
• Largura e gramatura da malha dentro da sua planilha de custos.
• Diferenciação em suas etiquetas nos produtos, exemplo : pode ser seco em thumbler.
• As malhas serão retestadas em nosso laboratório para confirmação de resultados.
• Equipe Técnica especializada para avaliação de problemas com suas respectivas soluções.
• Demonstrar as responsabilidades de seus Fornecedores e de sua Empresa.

 

Material elaborado por
PLOCQ SERVIÇOS TÊXTEIS
RUA : GENERAL OSÓRIO, 446 - BAIRRO VELHA
CEP : 89041 000  BLUMENAU SANTA CATARINA
FONE : 47 3237 4853  |  47 3325 7089
CEL . COMERCIAL : 47 9945 1141    CONTATO : SR.ANDREY
e-mail: andrey@plocq.com.br  |  contato@plocq.com.br   site www.plocq.com.br