Guia Têxtil News
Cadastre seu e-mail para receber informações atualizadas sobre a cadeia têxtil.
Formato de Email:
Brasil, 02 de outubro de 2014
     

Diferença entre espartilho, corset, corselet e corpete

Imprimir E-mail
01 de novembro de 2011

Diferença entre espartilho, corset, corselet e corpete Frequentemente usadas para modelar a cintura e valorizar o busto e com grande apelo sensual, corpetes, espartilhos, corsets e corselets são peças importantes no vestuário feminino. Contudo, elas possuem formas e características muito próximas, pelas quais, acabam sendo confundidas por muitas mulheres que desejam se sentir belas e sedutoras. Para você conhecer melhor as diferenças entre esses quatro modelos e suas finalidades, explicamos abaixo as particularidades de cada um. Confira!

Corpete

Possivelmente a opção mais democrática entre os quatro modelos, o corpete não se trata de uma peça de lingerie, pelo contrário, ele é aquela versão que faz a adaptação do underwear para o outerwear. Ele é inspirado no corset, mas se trata de uma blusa com barbatanas (geralmente de plástico), fechadas com ilhóses ou zíper.

Confeccionada tanto em tecidos planos, quanto com materiais elásticos, essa peça se diferencia do corset por não possuir uma modelagem tão estruturada. Seu decote amplo e shape ajustado ao corpo valorizam o busto feminino, fazendo dessa uma opção a ser considerada por mulheres com busto pequeno.

 

Corset

Lingerie, o corset - como mencionado acima - tem sua base bastante similar à do corpete. Contudo é a estrutura firme e rígida, resultante tanto da colagem de tecidos e entretelas quanto da inserção de barbatanas para a sustentação, que confere a principal diferenciação entre essas duas peças. Muito comum na indumentária do século XV, ele é caracterizado também pelo cruzamento de fios, fitas ou cadarços transpassados em ilhoses nas costas garantindo o ajuste correto e tão apertado que marcou o uso dessa veste durante anos, até que adaptações mais anatômicas surgissem no mercado. Pode ser sobreposto a blusas e tops, a fim de marcar bem a cintura.

 

Corselet

De corte mais solto e de ares mais casuais, o corselet é, entre os quatro modelos aqui destacados, aquele que se mostra menos rígido. Ainda que acinturado, ele não foi desenvolvido com a finalidade de reduzir medidas como o corset, podendo ser encontrado em variações fetichistas elaboradas com barbatanas de plástico e confeccionadas em malhas.

 

Espartilho

O espartilho, por fim, é a versão mais atual de todos os quatro, tendo sido inspirado nos shapes básicos e no visual sexy do corset e do corselet. Apesar de manter a mesma modelagem, ele apresenta menos camadas de tecidos e, portanto, é consequentemente menos rígido e estruturado.

 

Fonte: Portais da Moda

Jornalista responsável pela publicação da matéria no site Guia Têxtil: Liliani Bento (DRT-817) / New Age Comunicação

 
Talvez você também queira ler:
Dicas de Look Havan
LOGO CANATIBA NA CAPA DO GUIA TEXTIL
LOGO DA VICUNHA NA CAPA DO GUIA
Prêmio Francal Top de Estilismo define vencedores
Eficácia de denim Tavex é comprovada em estudo
Estilistas usam material reciclado e biodegradável em Londres
BANNER NO TOPO DA SANTANA
SELO DA SANTANA TEXTILES NO GUIA
Míni, mídi ou longa: saiba como escolher a saia certa
Marc Jacobs negocia com Dior para ocupar o posto de Galliano
Rede de lavanderias investe na automação do delivery
Vicunha Têxtil faz parceria com a marca Doc Dog
Havan implanta sistema de segurança que mapeia face de suspeitos de furto
Traje de Formatura e Casamento para Homens
Consumo de moda íntima é tema de pesquisa
< Anterior   Próximo >